MENU

PL Manaus expulsa Coronel Menezes do partido

Por Da Redação, para o VizinhoTv Para o Vizinho TV

24 de agosto de 2023

MANAUS – A Executiva Municipal do PL (Partido Liberal) Manaus expulsou dos quadros da legenda o ex-superintendente da Suframa Coronel Menezes. A informação está em um documento enviado ao presidente nacional do partido, Valdemar Costa Neto.

De acordo com o documento, Menezes infringiu o estatuto e o código de ética do partido. O caso foi analisado, primeiro, no Conselho de Ética e Disciplina da Comissão Executiva Municipal.

Nas redes sociais, Coronel Menezes considerou a decisão esdrúxula e prometeu recorrer ao Diretório Nacional do PL. Ele atribui a decisão à vontade do deputado federal Alberto Neto, que se tornou seu adversário político no partido.

“A decisão do Diretório Municipal do PL, comandado pelo deputado Alberto Neto, já era esperada e não causou nenhuma surpresa”, escreveu Menezes.

Coronel Menezes ingressou no PL junto com o presidente Jair Bolsonaro, que ele diz ser seu amigo pessoal, e disputou vaga ao Senado nas eleições de 2022, chegando muito perto da vitória.

Em 2020, Menezes disputou a prefeitura de Manaus pelo partido Patriota, e seria candidato natural do PL nas eleições municipais do próximo ano, mas Alberto Neto também almeja disputar a Prefeitura de Manaus, o que gerou a disputa interna no PL.

“Vamos agora buscar as instâncias superiores do partido para reverter uma decisão esdrúxula, “absurda, descontextualizada e permeada por uma vontade pessoal do parlamentar [Alberto Neto].”, escreveu Menezes.

Documento do PL ao presidente nacional

Nota de Coronel Menezes:

“A decisão do Diretório Municipal do PL, comandado pelo deputado Alberto Neto, já era esperada e não causou nenhuma surpresa.

Vamos agora buscar as instâncias superiores do partido para reverter uma decisão esdrúxula, absurda, descontextualizada e permeada por uma vontade pessoal do parlamentar.

Amazonas atual

Tópicos Relacionados

Últimas Notícias

Leia Mais